Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/25055
Title: Ruído ocupacional na indústria transformadora de madeira
Authors: Samorinha, Cédric Rodrigues 
Orientador: Ribeiro, Carlos Alberto Fontes
Keywords: Ruído ocupacional; Indústria da madeira
Issue Date: 2012
Abstract: A Indústria Transformadora de Madeira tem um grande impacto económico e social em Portugal, com um volume de negócios de 3046 milhões de euros e com 65 332 trabalhadores em 7641 empresas (ano de 2008). O ruído ocupacional surge nos últimos anos como fator de relevo nos contextos organizacionais onde é considerado determinante na saúde ocupacional. Sendo o ruído no local de trabalho uma questão central e de crescente interesse para a saúde e bom desempenho profissional, muitas investigações têm sido feitas no sentido de o avaliar, sendo poucas as desenvolvidas na indústria da madeira. Como objetivo geral, pretendeu-se avaliar a exposição ao ruído dos trabalhadores que laboram no subsector da Indústria da Madeira (Divisão CAE 20). Ou seja, verificar se os níveis de pressão sonora são superiores aos permitidos pela legislação vigente, aplicável a esta área, bem como saber quais os equipamentos que produzem os níveis de pressão sonora mais elevados. Pretendeu-se ainda conhecer o nível de consciencialização dos trabalhadores e das entidades empregadoras em relação ao ruído, assim como as medidas de controlo existentes. Para atingir estes objetivos, levou-se a cabo um estudo não experimental do tipo descritivo-correlacional de carácter analítico transversal, que incidiu sobre 71 trabalhadores oriundos de três empresas que laboram no Distrito de Braga. A execução do mesmo foi possível através de três fases: a aplicação de um inquérito, por questionário aos trabalhadores, a realização de medições dos níveis sonoros emitidos por vários equipamentos e a avaliação da exposição dos trabalhadores, estipulada a partir da distribuição de tempo de trabalho pelos locais com os referidos equipamentos. Através da análise dos resultados, utilizando como referência o Decreto-Lei n.º 182/2006 de 6 de setembro, verificou-se que 70,5% dos trabalhadores estavam expostos a valores acima do Nível de Ação Inferior, 60,7% acima do Nível de Ação Superior, incluindo 41% que apresentavam uma exposição a níveis de pressão sonora superiores ao Valor-Limite de Exposição. A maioria dos locais de trabalho apresenta um nível de pressão sonora mediano superior ao Valor-Limite de Exposição, destacando-se aqueles em que é utilizada a tupia, a multisserra e a molduradora. Cerca de um quarto dos trabalhadores (24,5%) têm um risco de perda de audição superior a 50%; estando este significativamente associado a trabalhadores com mais de 50 anos e a trabalhadores com antecedentes pessoais. Neste tipo de indústria, a maioria dos trabalhadores (53,8%), usa equipamentos de proteção auditiva, sendo os Ruído Ocupacional na Indústria Transformadora da Madeira xv protetores auriculares os mais usados. Verifica-se, também, que a maioria dos trabalhadores afirma ter obtido formação sobre ruído e proteção auditiva, sendo este um fator preditivo do uso de proteção auditiva. Com estes resultados destaca-se a importância da implementação de um Plano de Conservação da Audição.
The Wood Industry has a great economic and social impact in Portugal, with a turnover of 3,046 million euros and 65 332 employees in 7641 companies (in 2008). The occupational noise emerged in the last years as an important factor in organisational contexts where is considered decisive in occupational health. As noise in the workplace is a central issue and also of great interest for public health and good professional performance, many research works have been developed in order to evaluate it, but not so relevant in the wood industry. The general purpose was the evaluation of the noise exposure of workers who work in the branch of Wood Industry (CAE 20 Division). For that, it was necessary to check whether the sound pressure levels were higher than the allowed by the law, applicable to this area , and to know what equipment produced the highest pressure levels, as well. It was also intended to know the level of awareness among workers and employers about noise, as well as the existing control measures. To achieve these goals, a non-experimental study of a descriptive-analytical type, and analytical nature, which was focused on 71 workers from three companies that operate in the district of Braga, was carried on. The execution of this study was possible through three phases: the application of a survey questionnaire to workers, conducting measurements of sound levels generated by the different equipments and exposure assessment of workers calculated from the distribution of working time in the workplaces with the referred equipments. Through the results, and using as reference the Decree-Law no. 182/2006, of 6 September, it was clear that 70.5% of workers were exposed to values above the Lower Action Level, 60.7% above the Higher Action Level, including 41% who have been exposed to sound pressure levels above the Exposure Limit Value. Most workplaces have a sound pressure level above the Exposure Limit Value, specially those ones where the router, the multiple rip saws and the slicer are used. About a quarter of workers (24.5%) have a hearing loss risk greater than 50%, which is significantly associated to workers over 50 years and to workers with a personal history. In this last type of industry, most of the workers (53.8%) use hearing protection equipment, being the ear muffs the most used. Most of the workers say that they have had training about noise and hearing protection, which is a predictor factor for the use of hearing protection. With these results, it can be highlighted the importance of implementing a Conservation Hearing Plan.
URI: http://hdl.handle.net/10316/25055
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Ruido Ocupacional - Cédric Samorinha.pdf3.22 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

564
checked on Aug 3, 2022

Download(s) 10

1,998
checked on Aug 3, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.