Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/21503
Title: "Empregorismo" de estado, em contextos neoliberais : a criação do próprio emprego e empresas com o apoio do Estado- riscos e contradições : (um estudo sobre a metamorfose de medidas sociais ativas de emprego, transformadas em medidas laissez faire, potencialidades de riscos e exclusão social)
Authors: Ferreira, José Eduardo Catalão Garrido. 
Orientador: Ferreira, António Casimiro
Keywords: Desemprego; Medidas ativas de emprego; Criação do próprio emprego; "Empregorismo" de Estado; Riscos e exclusão social
Issue Date: 17-Dec-2012
Publisher: FEUC
Citation: Gonçalves, Valter Fernando Pereira - "Empregorismo" de estado, em contextos neoliberais : a criação do próprio emprego e empresas com o apoio do Estado- riscos e contradições : (um estudo sobre a metamorfose de medidas sociais ativas de emprego, transformadas em medidas laissez faire, potencialidades de riscos e exclusão social). Coimbra, 2012.
Abstract: A primeira década do século XXI ficou marcada por inúmeras crises mundiais. Em consequência destas crises e de muitas mudanças que aconteceram e estão em curso, em todo o mundo, também o trabalho está a mudar, à escala nacional e global. Uma das mudanças mais significativas resulta da crescente cosmopolitização do mundo, que veio permitir que os trabalhadores e as empresas possam deslocar-se e instalar-se em qualquer país, independentemente do seu país de origem ou da origem do capital. Por tudo isto, o desemprego e o défice de criação de emprego estão a tornar-se um dos maiores problemas que os governos e governantes de todo o mundo têm de resolver, incluindo os dos países da União Europeia. Pelas mesmas razões, e antevendo já alguns destes problemas, têm vindo a ser aplicadas medidas de combate ao desemprego e de apoio à criação de outras alternativas de trabalho em todos os países da UE. Porém, estas medidas em muitos países não terão sido suficientes para sustar a escalada do desemprego e conter o défice demográfico de criação de emprego. Portugal, que no ano 2000 apresentava uma das mais baixas taxas de desemprego, a rondar os 4%, surge 2012 com uma das mais elevadas taxas de desemprego da UE, acima dos 15%, apesar de todos os programas e medidas de combate ao desemprego que ali foram implementados nesse mesmo período. Uma dessas medidas, aplicada em Portugal há mais de uma década, destina-se especificamente a apoiar desempregados, trabalhadores precários e jovens à procura do 1º emprego a criar os próprios empregos e empresas e, desde a sua criação, tem vindo a ser alvo de sucessivas alterações legislativas e programáticas, de forma a reduzir a intervenção do Estado e permitir uma maior participação dos agentes privados na sua promoção e aplicação. Segundo a perspetiva que aqui procuramos defender, muitas dessas alterações terão sido induzidas por influência das políticas neoliberais, correspondendo a uma tentativa de desresponsabilização e minimização do papel social do Estado – argumento base do neoliberalismo económico. Consequentemente, estas medidas, que antes se podiam considerar sociais por se destinarem exclusivamente a apoiar pessoas desempregadas e inscritas nos Centros de Emprego, sofreram, em resultado dessas alterações, uma metamorfose, que as fez transformar em medidas neoliberais «laissez faire», de risco e excludentes para os destinatários. Este estudo visa analisar a metamorfose destas medidas, relacionando-a com questões sociológicas, interesses políticos e de privados, e introduzindo um novo conceito, que designamos de «empregorismo» de Estado, que significa «empreender-empregos» com o apoio do Estado. Com base nos resultados do mesmo estudo, apresentamos ainda uma proposta de criação de «ninhos de emprego», como solução para resolver parte dos problemas relacionados com a criação de empregos e a aplicação destas medidas.
Description: Dissertação de mestrado em Sociologia, apresentada à Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra, sob a orientação de António Manuel Carvalho Casimiro Ferreira.
URI: http://hdl.handle.net/10316/21503
Rights: openAccess
Appears in Collections:FEUC- Teses de Mestrado

Show full item record

Page view(s)

222
checked on Sep 21, 2020

Download(s) 50

545
checked on Sep 21, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.