Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/2117
Title: Iniciação e detonação de explosivo plástico de RDX
Authors: Mendes, Ricardo António Lopes 
Orientador: Campos, José Leandro Simões de Andrade
Keywords: Termodinâmica; Engenharia Mecânica
Issue Date: 2002
Abstract: O objectivo deste trabalho foi a caracterização do processo de iniciação da detonação por três métodos diferentes do explosivo plástico de base RDX (ciclo trimetileno trinitramina). Esta composição com uma densidade de 1.57 g/cm3 tem uma velocidade e uma pressão de detonação respectivamente de Dn =7.90 mm/µs e P =24.4 GPa. A iniciação da carga explosiva foi obtida pela colisão de uma folha voadora acelerada, pelo canhão eléctrico, que conjuntamente com uma técnica óptica de medida permitiu verificar oscilações na velocidade de propagação da onda de detonação OD; Pela transmissão da detonação a partir de uma carga longa cilíndrica com raio ri igual 1.33rc (rc =1.875 mm) originando, consequentemente, a formação de uma OD divergente que apresenta uma forma diferente da obtida pelo modelo de Huygens na região estudada (10 mm E pela interacção de ondas de detonação divergentes, decorrentes de multi-impactos ou multi-transmissões de detonação, que permitiu verificar e visualizar a colisão regular e a transição para uma colisão irregular, com a formação respectiva da onda de Mach, a qual apresenta uma forma curva. A observação da evolução do ponto de colisão, de uma forma contínua e de uma forma discreta, no tempo, permitiu verificar que a velocidade inicial do ponto de colisão pode atingir, aproximadamente, 2Dn. Foi, ainda, verificado que o processo de relaxação, para o valor de Dn apresenta algumas oscilações, como resultado da colisão de duas OD divergentes não monótona. Outro objectivo, foi a caracterização e desenvolvimento de um canhão eléctrico, sistema este, capaz de acelerar folhas de Kapton ou Mylar, com 25 mm de diâmetro e com espessuras respectivamente de 125 mm e 350 mm a velocidades que variam entre 2.5 km/s e 5.6 km/s. Durante este trabalho, foi desenvolvida no LEDAP, desde 1996, uma nova técnica óptica de medida, de elevada resolução. Este método tem por base uma fita com 64 fibras ópticas, com 250 mm de diâmetro cada uma.
URI: http://hdl.handle.net/10316/2117
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FCTUC Eng.Mecânica - Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s) 20

730
checked on Oct 13, 2021

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.