Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/20123
Title: Lesões músculo-esqueléticas : perspectivas da saúde ocupacional e da paleopatologia
Authors: Pereira, Carmen Sofia Custódio 
Orientador: Ribeiro, Carlos Alberto Fontes
Cardoso, Francisca Alves
Keywords: Sistema músculo-esquelético -- lesões; Paleopatologia; Saúde ocupacional
Issue Date: 2011
Citation: PEREIRA, Carmen Sofia Custódio - Lesões músculo-esqueléticas : perspectivas da saúde ocupacional e da paleopatologia. Coimbra : [s.n.], 2011
Abstract: Os temas principais de análise desta investigação referem-se à exegese das lesões músculo-esqueléticas, procurando relacioná-las com o trabalho / ocupação (LMERT), com a análise das alterações da entese (AE) no âmbito da disciplina de Paleopatologia, discursando sobre a possibilidade de uma relação entre o diagnóstico e uma actividade profissional. Estas temáticas serão abordadas no contexto da área de conhecimento da Saúde Ocupacional. Assim, na perspectiva da Saúde Ocupacional foram interpretados factores de risco, das metodologias de avaliação e dados relativos à fomentação da prevenção ergonómica que se interligam com o desencadeamento das LMERT. Numa perspectiva paleopatológica a análise versou sobretudo a interpretação de alterações das enteses em material osteológico humano, e como se processa a reconstrução de padrões de comportamento e actividade com base em padrões de alterações da entese. Será também dado ênfase ao papel das AE enquanto Marcador de Stress Ocupacional (MSO). O estudo revelou formas diferenciáveis na elaboração de um diagnóstico clínico e diferencial em Saúde Ocupacional comparativamente à Paleopatologia. Neste último caso, é notória a carência de análise multifactorial de forma a prever a interpretação / actuação de todas as variáveis capazes de interferir na presença de AE e de que forma estas se relacionam com a actividade física / ocupacional. Ambas as perspectivas partilham da necessidade de facultar um diagnóstico fundamentado e credível. Este objectivo caracteriza-se pela interpretação de dados que necessitam de registo detalhado, com base na análise de factores relevantes a nível dos individuais, socio-económicos e culturais. A realização de exames complementares de diagnóstico é também um ponto importante. A presente investigação revelou dois pontos essenciais, o primeiro centra-se na ausência de uma relação objectiva na interpretação das LMERT e AE e as actividades profissionais. A segunda na investigação necessária no campo das LMERT e das AE associada a uma comparação entre os vivos e as populações passadas. A apresentação de um projecto futuro relacionado com a temática da dissertação é fundamental para a continuidade da investigação e aproximação das duas áreas científicas.
The main themes of this research analysis are the exegesis of musculoskeletal injuries related to work (MSDs); the analysis of changes in the entheses (CE) in osteological material, as performed in Paleopathology; and discuss the possibility of a relationship between diagnosis of MSDs and professional activity. These research topics will be addressed in the context of the area of knowledge of Occupational Health. Within this context, risk factors and methodologies related with the interpretation of risks of MSD development will be evaluated. Furthermore, consideration will also be given to the promotion of an ergonomic approach to MSDs. The paleopathological perspective of CE mainly discusses issues related with occupation and activity-related injuries with focus upon the study of Markers of Occupational Stress (MOS). Both approaches, that of Occupational Health and Paleopathological, to occupational diseases and injuries possess a differential diagnosis procedure. In the case of paleopathological analysis it is evident the lack of a multivariable analysis to CE. This absence is of extreme importance since both disciplines aim to have a credible diagnosis with regard to their object of study. However, to achieve this it is necessary to access to detailed records of the subjects under study. But this is seldom available. These records are based on the analysis of each individual socio-economic and cultural factors. The performance of the diagnostic exams is also an important point. This practice contributes to a better interpretation of CE in human remains, providing more reliable and comparable data. The main conclusion of the current research reveal two essential points, the first focuses on the absence of an objective interpretation of MSDs, CE and professional activity. The second reveal that further research into the field of occupational activity injuries is needed. This is particularly true if comparisons between the living and past populations (paleopathological studies) are to be conducted. The presentation of a future project related to the theme of this work is fundamental to continue research within the two areas.
Description: Dissertação de mestrado em Medicina (Saúde Ocupacional), apresentada á Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/20123
Rights: openAccess
Appears in Collections:FMUC Medicina - Teses de Mestrado
UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Carmen Pereira - FMUC Mestrado Saude Ocupacional 2011.pdf1.7 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 1

4,729
checked on Aug 10, 2022

Download(s) 10

2,486
checked on Aug 10, 2022

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.