Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/1789
Title: Rotação plástica e redistribuição de esforços em vigas de betão de alta resistência
Authors: Carmo, Ricardo Nuno Francisco do 
Orientador: Lopes, Sérgio Manuel Rodrigues
Keywords: Estruturas; Engenharia Civil
Issue Date: 15-Dec-2004
Citation: CARMO, Ricardo Nuno Francisco do - Rotação plástica e redistribuição de esforços em vigas de betão de alta resistência.Coimbra, 2004, 436 p.
Abstract: A avaliação da capacidade de rotação plástica das vigas de betão armado é essencial para prevenir a ocorrência de uma rotura frágil e para garantir que o comportamento da estrutura aos estados limites últimos está adequado com os pressupostos admitidos na análise da distribuição de esforços. Nos últimos anos a questão da capacidade de rotação plástica colocou-se com especial atenção nas vigas de betão de alta resistência por se reconhecer que este tipo de betões apresentava comportamentos e modos de rotura diferentes dos observados nos betões de resistência normal. Neste trabalho além de se analisar pormenorizadamente a capacidade de rotação das rótulas plásticas estuda-se também o fenómeno da redistribuição de esforços em vigas de betão armado. Para esclarecer a forma como determinados factores influenciavam a capacidade de rotação plástica e a redistribuição de esforços realizou-se um programa experimental constituído por 25 vigas contínuas diferentes ensaiadas até à rotura. Os factores estudados foram: a taxa de armadura de tracção, a taxa de armadura de compressão, a taxa de armadura transversal, o esforço transverso, uma descontinuidade geométrica na zona do apoio intermédio e a presença de um pilar na zona do apoio intermédio. Da comparação entre os resultados experimentais e as recomendações propostas pelos vários regulamentos resultaram conclusões interessantes, especialmente para as situações em que as vigas têm elevadas taxas de armadura de tracção. Neste trabalho apresenta-se também um modelo de cálculo para prever a capacidade de rotação plástica no qual se procurou integrar a influência dos parâmetros mais importantes. Com base nas previsões do modelo definiram-se vários gráficos com a variação da capacidade de rotação plástica. Esta base de informação tem como principal vantagem facilitar a verificação explícita da capacidade de rotação das rótulas plásticas necessária numa análise não linear e numa análise plástica. A partir da relação teórica M-1/r realizou-se ainda um estudo dos coeficientes de redistribuição em função do parâmetro x/d.
Description: Tese de doutoramento em Engenharia Civil (Estruturas) apresentada à Fac. de Ciências e Tecnologia da Univ. de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/1789
Rights: embargoedAccess
Appears in Collections:FCTUC Eng.Civil - Teses de Doutoramento

Show full item record

Page view(s)

280
checked on Sep 17, 2020

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.