Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/17574
Title: Parcerias, receitas próprias e mecenato : desafios para a gestão museológica : o Museu de Francisco Tavares Proença Junior : um estudo de caso
Authors: Rendeiro, Humberto Filipe Simões 
Orientador: Vaquinhas, Irene Maria
Keywords: Gestão museológica; Mecenato; Parcerias; Museologia; Museu de Francisco Tavares Proença Júnior -- Castelo Branco
Issue Date: 2010
Citation: RENDEIRO, Humberto Filipe Simões - Parcerias, receitas próprias e mecenato : desafios para a gestão museológica : o Museu de Francisco Tavares Proença Junior : um estudo de caso. Coimbra : [s.n.], 2010
Abstract: Os conceitos de museu e de museologia há muito que estão em renovação. Os museus de hoje são espaços dinâmicos, abertos a uma vasta tipologia de públicos, com diferentes exigências e expectativas, às quais, as baixas dotações e carências financeiras, nem sempre possibilitam responder de forma satisfatória. Esta situação obrigou a que, no seu seio, surgissem formas de financiamento alternativas à dependência estatal e que lhes permitisse converterem-se, parcialmente, em auto-sustentáveis. Assim, tornaram-se quotidianos para os profissionais que neles trabalham, os desafios de estabelecer parcerias, gerir receitas próprias e encontrar mecenatos. Todavia, as assimetrias existentes entre os grandes museus nacionais e os pequenos, de cariz regional, são notórias. Donde, com base nesta premissa, se procedeu a um estudo de caso, centrado no Museu de Francisco Tavares Proença Júnior, de Castelo Branco, de forma a captar a capacidade daquele museu em aceitar os “novos” reptos da gestão museológica, face à sua localização geográfica no interior do país e dimensão regional.
___The concepts of museum and museology have long been under renovation. Museums today are dynamic spaces, open to a wide typology of audiences with different needs and expectations, to which low funding associated with clear financial needs, do not always answer to satisfactorily. These circumstances forced new alternative forms of financing to arise within the field, decreasing the financial state dependence, and enabling them to convert, in part, into a self-sustaining state. Thus, managing own revenues and finding sponsorships became part of the challenges and daily routine tasks professionals are faced with nowadays. However, the existing imbalances between the major national museums and small, regional ones are notorious. Hence, based on this premise, a case study was developed, centred around the Museum of Francisco Tavares Proença Júnior, Castelo Branco, in order to capture the ability of that museum to accept the "new" challenges of museum management, given its geographical location within the country and regional dimension.
Description: Dissertação de segundo ciclo em História (Museologia), apresentada à Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra
URI: http://hdl.handle.net/10316/17574
Rights: openAccess
Appears in Collections:FLUC Secção de História - Teses de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Tese.pdf4.17 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Page view(s) 20

486
checked on Sep 18, 2019

Download(s) 50

265
checked on Sep 18, 2019

Google ScholarTM

Check


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.