Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/11721
Title: O Teorema da Equivalência Ricardiana: discussão teórica
Authors: Marinheiro, Carlos Fonseca
Issue Date: 1996
Publisher: FEUC. Grupo de Estudos Monetários e Financeiros
Citation: Estudos do GEMF. 3 (1996)
Abstract: A tese ricardiana sustenta que para um dado montante de despesa pública a substituição de impostos por dívida não tem qualquer efeito na procura global nem na taxa de juro. A dívida pública não tem qualquer efeito riqueza, o que faz com que em termos de efeitos na economia o financiamento da despesa pública por dívida seja equivalente ao financiamento por impostos. Só que a equivalência para se verificar necessita da reunião de um conjunto restritivo de condições. É objecto deste texto a sua avaliação crítica. Discute-se ainda a posição de David Ricardo em relação à equivalência ricardiana, concluindo-se que ele nega a sua validade de facto.
URI: http://hdl.handle.net/10316/11721
Appears in Collections:FEUC- Vários

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
O Teorema da Equivalência Ricardiana.pdf114.79 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.