Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/100743
Title: A Qualidade da Informação Financeira e a Dependência Bancária: Um Estudo para as Pequenas e Médias Empresas Portuguesas
Other Titles: Accounting Information Quality and Banking Dependence: A Study for Portuguese Small and Medium Enterprises
Authors: Rodrigues, Mariana Gomes
Orientador: Pimentel, Liliana Marques
Keywords: Qualidade da Informação Financeira; Dependência Bnacária; Accruals; PME; Accounting Information Quality; Banking Dependence; Accruals; SME
Issue Date: 30-Nov-2021
Serial title, monograph or event: A Qualidade da Informação Financeira e a Dependência Bancária: Um Estudo para as Pequenas e Médias Empresas Portuguesas
Place of publication or event: Coimbra
Abstract: O presente relatório de estágio foi elaborado após um estágio curricular de seis meses, que se desenvolveu na empresa Numeraris – Accounting and Reporting, Lda., na área de contabilidade e fiscalidade. Neste estágio foram desenvolvidas atividades de caráter geral, como um manual de procedimentos; de caráter contabilístico, como o registo de documentos e reconciliações bancárias; de caráter fiscal, como o preenchimento e envio de declarações fiscais; e, ainda, de caráter organizacional, como o Relatório Único.Tal como a Numeraris, e todos os seus clientes, a maior parte das empresas em Portugal são micro, pequenas e médias empresas (PME), que, apesar de terem à sua disposição diversas formas de financiamento, enfrentam numerosas barreiras para aceder a estas, tendo a banca como principal fonte de crédito.Neste relatório de estágio, em termos empíricos, desenvolveu-se uma pequena análise sobre a relação existente entre a qualidade da informação financeira (QIF), divulgada pelas PME portuguesas, e a dependência bancária (DBANC), tendo por base o estudo de Martins e Moreira (2008), e partindo do pressuposto de que as empresas com uma maior dependência bancária tendem a prestar informação contabilística de maior qualidade.Tendo por base estudos anteriores, foi usado um procedimento bastante comum neste tipo de abordagens para operacionalizar a QIF: através do cálculo dos accruals discricionários, utilizando uma versão modificada do Modelo de Jones (1991). Quanto à operacionalização da DBANC, recorreu-se ao rácio entre o endividamento de curto prazo e o ativo total do período precedente. No que toca à relação entre estas duas variáveis (QIF e DBANC), usou-se um modelo econométrico linear para a testar.Os resultados obtidos neste estudo não foram totalmente conclusivos, contudo, indicam que a hipótese de partida tinha fundamento, visto que existe uma relação entre as duas variáveis, embora, esta relação não seja, como se esperava, positiva e linear.
This internship report was elaborated after a six months curricular internship that took place at Numeraris – Accounting and Reporting, Lda., in accounting and taxation.At this internship were developed activities of general nature, as well as, a manual of procedures; of accounting nature, as well as, documents registration and bank reconciliation; of fiscal nature, as well as, filling and delivering taxes declarations; and, also, of organisational nature, as well as, the Relatório Único.Along with Numeraris, and all its clients, most of Portuguese enterprises are small and medium enterprises (SME), that, despite having various financial instruments available to consider, also face numerous barriers to reach them, having the banking sector as their top creditor.In this internship report, empirically, was developed a small analysis about the existing relationship between accounting information quality (AIQ), published by Portuguese SME, and bank dependence (BANKD), using, as a base study, the research made by Martins e Moreira (2008), and based on the assumption that all enterprises with higher bank dependence tend to provide high quality accounting information.Using prior studies as a base, a very common procedure was adopted to operationalize AIQ: through discretionary accruals determination, using the modified version of Jones model (1991). In terms of operationalizing BANKD was employed the ratio between short-term debt and total assets of the previous period. Regarding to the relationship between these two variables (AIQ e BANKD), a linear econometric model was applied. The results achieved in this study were not totally conclusive, however, indicate that the starting hypothesis had fundament, as long as a relationship between the two variables in study exists, although, this relation is not, as expected, positive and linear.
Description: Relatório de Estágio do Mestrado em Contabilidade e Finanças apresentado à Faculdade de Economia
URI: http://hdl.handle.net/10316/100743
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
Relatório de Estágio_Mariana Rodrigues.pdf943.31 kBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons