Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10316/100445
Title: Análise da eficácia do processo ofensivo: em equipas juniores de elite e ligas profissionais.
Other Titles: Analysis of the effectiveness of the offensive process: in elite junior teams and professional leagues.
Authors: Santos, Rui Pedro Reis dos
Orientador: Sarmento, Hugo Miguel Borges
Duarte, João Pedro Marques
Keywords: Observação de Jogo; Padrão Ofensivo; Estilo de Jogo; Golo; Finalização; Game Observation; Offensive Patterns; Game Style; Goal; Finalization
Issue Date: 22-Apr-2022
Serial title, monograph or event: Análise da eficácia do processo ofensivo: em equipas juniores de elite e ligas profissionais.
Place of publication or event: FCDEF-UC
Abstract: A identidade de uma equipa de futebol é definida através do seu estilo de jogo, podendo ser influenciada por fatores como: a estratégia ou filosofia do estilo de jogo, a tradição, a identidade e a história do clube, tal como o ambiente específico que caracteriza o jogo. Mas, o objetivo da equipa é conseguir marcar mais golos que o adversário. Desta forma, assume importância a análise dos golos marcados partindo de diferentes perspetivas. Os objetivos deste estudo foram: comparar e descrever como foram marcados os golos no campeonato da Europa de Sub-19 e os golos marcados em duas grandes ligas de futebol profissional. Analisaram-se os golos marcados, através das variáveis: Padrão Ofensivo; Duração da Posse de Bola; Tipo de Posse de Bola; Início da Posse; Zona de Finalização. Posteriormente, realizou-se uma descrição e uma comparação dos dados obtidos nas três competições, como recurso ao software SPSS V.23. Nos Padrões Ofensivos, a La Liga e o campeonato da Europa de Sub-19 destacaram-se com o ataque posicional/ataque rápido (46% para ambas), sendo o contra-ataque mais frequente na Premier League (34%). Na duração da posse de bola sobressaiu as posses de bola mais curtas. Relativamente ao tipo de posse de bola, com menor número de passes foram as que resultaram num maior número de golos (entre 56% e 62%). O terço ofensivo foi onde nasceram mais jogadas que resultaram em golo (entre 43% e 54%). Nas zonas de finalização as que mais se destacaram foram ZPA (entre 22% e 24%), ZCEPPA (entre 22% e 41%), ZCEGAP (entre 8% e 34%). Concluímos que posses de bola de curta duração são mais efetivas, tanto no número de passes como na duração da mesma. O ataque posicional/ataque rápido foi o padrão ofensivo mais utilizado. As bolas paradas representaram uma grande percentagem de golos, realçando a sua importância em momentos decisivos. A zona central da área é o local de preferencial para marcar. Os treinadores devem promover as recuperações no meio campo adversário, e devem incluir no treino os lances de bola parada e as finalizações na zona central da área.
The football team's identity is defined through its style of play, which can be influenced by factors such as the strategy or philosophy of the style of play, tradition, identity, history of the club, and the specific game environment that characterizes it. Nevertheless, the team's objective is to score more goals than the opponent. Thus, it is essential to analyse the goals scored from different perspectives. The objectives of this study were: to compare and describe how goals were scored in the European Under-19 Championship and the goals scored in two major professional football leagues. The goals scored were analysed through the variables: Offensive Pattern; Duration of Ball Possession; Ball Possession Type; Start of Ownership; Finishing Zone. Subsequently, there was a description and comparison of the data obtained in the three competitions. In Offensive Standards, La Liga and the UEFA European Under-19 Championship stood out with positional attack/fast attack (46% for both), the most frequent counterattack in the Premier League (34%). In the Duration of Ball Possession, the shortest ball possessions stood out.Regarding the Type of Ball Possession, the lowest number of passes resulted in a more significant number of goals (between 56% and 62%). The attacking third was where more plays were born, resulting in goals (between 43% and 54%). In the Finishing Areas, the ones that stood out the most were ZPA (between 22% and 24%), ZCEPPA (between 22% and 41%), ZCEGAP (between 8% and 34%). We concluded that short-term possession is more effective, both in the number of passes and the duration of the same. Positional attack/quick attack was the most used offensive pattern. Set pieces represented many goals, highlighting their importance in decisive moments. The central zone of the area is the preferred place to score. Therefore, coaches must promote recoveries in the opponent's midfield and include set-pieces and shots in the central area of the area in training.
Description: Dissertação de Mestrado em Treino Desportivo para Crianças e Jovens apresentada à Faculdade de Ciências do Desporto e Educação Física
URI: http://hdl.handle.net/10316/100445
Rights: openAccess
Appears in Collections:UC - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:
File Description SizeFormat
2015235051 - Rui Santos - Dissertação de Mestrado.pdf1.44 MBAdobe PDFView/Open
Show full item record

Google ScholarTM

Check


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons